Resumo dos samba-rock

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

PORTELA QUERIDA – PICOLINO DA PORTELA


PORTELA QUERIDA – PICOLINO DA PORTELA

Laiá, laiá, laiá, laiá!
Lá, lá, laiá, laiá!
Lá, lá, lá, lá, lá, lá, lá!
Lá, laiá, laiá!
Através dos carnavais
Minha Portela querida
Tu és razão da minha própria vida
Se algum dia eu me separar de ti
Muito vou sentir
Minha Portela querida
Tu és razão da minha própria vida
Se algum dia eu me separar de ti
Muito vou sentir
Portela tudo em ti é glória
Na derrota ou mesmo na vitória
Tens o seu nome gravado
Em ouro nos anais
Através dos carnavais
Minha Portela querida
Tu és razão da minha própria vida
Se algum dia eu me separar de ti
Muito vou sentir
Minha Portela querida
Tu és razão da minha própria vida
Se algum dia eu me separar de ti
Muito vou sentir
Portela tudo em ti é glória
Na derrota ou mesmo na vitória
Tens o seu nome gravado
Em ouro nos anais
Através dos carnavais
Laiá, laiá, laiá, laiá!
Lá, lá, laiá, laiá!
Lá, lá, lá, lá, lá, lá, lá!
Lá, laiá, laiá!
Através dos carnavais
Laiá, laiá, laiá, laiá!
Lá, lá, laiá, laiá!
Lá, lá, lá, lá, lá, lá, lá!
Lá, laiá, laiá!
Através dos carnavais
Laiá, laiá, laiá, laiá!
Lá, lá, laiá, laiá!
Lá, lá, lá, lá, lá, lá, lá!
Lá, laiá, laiá!
Através dos carnavais

Letrasdesambarock.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário